MARCOS TEXTOS

"Guardo em mim tantas coisas, acaso me perca, me encontrarei dentre elas"

Textos

O ANO QUE VEM, ACABOU DE TERMINAR!

  Mauro todos os finais de ano prometia para si, para os outros e para o mundo que no ano que está por vir, tudo seria diferente e isso era sempre igual,... que faria dieta, que praticaria esportes regularmente, que concluiria seus estudos no qual nem lembra mais em qual a série  parou, e mais blá/ blá/ blá e etc., o cara era bom nisso!    
  Ah! também disse, que se ganhasse um bom prêmio na loteria daria metade para os pobres; pobre mentiroso, que parece acreditar naquilo que sabe que não é verdade.
//
Mais uma coisa, vocês não leram nada do tipo, vou parar com as festas e bebedeiras, não é mesmo, pois se leram, desculpem a minha indelicadeza e o meu engano.//
 
Como o período Natalino se presta a discursos com promessas vãs, descaracterizando assim o verdadeiro sentido do Natal, fica claro que fazer mil e um planos para um futuro, tendo um bom tempo ainda presente para encaminhar uns 10% de todas as falácias que sempre promete fazer, irá dar onde sempre deu, ou seja, em lugar algum.
  Mas quem sabe o nosso amigo, que representa a esmagadora maioria das pessoas, não vá cumprir mesmo o que prometeu? Quem sabe! Oremos.
  Ao mergulhar na semana propriamente dita do Natal, aí o homem já entra em processo etílico de avançado grau, passa pelo menino Jesus feito um foquete e por sinal de fogo, que só vai voltar a lembrar em "
jingle bell", no ano seguinte, se prepara para o “réveillon”, sem esquecer logicamente:
  -Das vestes claras, pois trazem “sorte e paz”;
  -De que a carne não pode ser de franco, Deus o livre, frango cisca pra traz e que suína é melhor,... ”fuça” pra frente e é pra frente que se anda;
  -Nunca se esquecendo de algo que nunca falha, os infalíveis 7 pulinhos nas 7 ondas do mar, é tiro e queda na hora da virada;

  -E álcool e mais..., é festa mesmo, afinal de contas teremos o ano todinho pela frente, pra recuperar.
  Vale salientar que estamos no 'Brasil' das
sacolas, malas, da lava-a-jato, mensalões e escândalos pra todos os gostos.
  Também, não demora o carnaval já está batendo á porta, é uma manifestação cultural
“importantíssima e imprescindível para o desenvovimento social(
desculpem a ironia)" e que por isso o país vai precisar parar um pouquinho mais, para as festas de “MOMO”.

  Bom, Mauro está nessas alturas, anestesiado, inerte, caído na areia com metade do corpo na água, roçado pela sequencia das intermináveis ondas da sorte.

 Ele está morto, vitimado pelo exagero! 
 Em sendo assim, para ele
o ano que vem já acabou de terminar.

E para você, vai começar? Quando!
Marcosvi
Enviado por Marcosvi em 26/09/2017
Alterado em 08/10/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras