MARCOS TEXTOS

"Guardo em mim tantas coisas, acaso me perca, me encontrarei dentre elas"

Textos

"Carta do Zé":
  
Destinatário/ DEUS!


(A carta que o Zé escreveu para Deus)

  Boa noiti meu Deuz, eu sô o Zé i num sei si o Senhô mi arreconheci e se alembra di mim.
  Mais óia a minha cabeça di ventu i de porongo, mais é craro qi sabi qeim eu sô, pruquê a genti é tudo fio do Senhô, não é memu?
  Adescurpa us meu garranchu, é qi tô imté tremendu de filissidadi i di vregonha, no memu tempu.
  Agora, asdispois di tantu tempu, aprendi a desenhá argumas letra e ja sei lê um poquinhu, mais só um poquinhu memu ! ...mais achu qi dá imté pru gastu!
  Não era nem pra incomodá o Senhô, qi devi tá cheiu di pobrema pra arresorvê, mais vô falá anssim memu! ...i quandu o Sinhô pudé, qiria qi mi arrespondeci uma coiza pru seo  Fernandu, i a istória é a siginte:

  -Trabaiei com seo Fernandu por muitus ano i ele é uma boa peçoua, viu meu Senhô!
  As veis eli fica muitu nervosu i grita muitu com todu mundu.
Dia dessi, eli mi xamô i logu vi qi eli não tava muitu boum, i intão fui vê o qi eli qiria.
  Sabi, sô um simpris jardineru, mais veju o andamentu das coiza i sei qi não tão nada boua pru ladu deli, i pru ... nosso tumbéim, pruque é daqui qi nóiz vévi, daqi qui nóis ganha o pão di cada dia.
  Eli mi dissi adispois, um pocu mais Carmu qi os negóciu tava rui e teria qi botá uns camarada pra rua, bastanti genti memu.  ...  i óia lá si não ia tê qi fexá a  conpaia.
  Eli mi dissi beim anssim:
- Adescurpa Zé, mais vô tê qi demiti o senhô!

  Fiqei tristi, gostava de trabaiá lá e comu eli era uma boa peçoua tumbéim, fiqei com muita dó deli.
  Adispois tem otra coisa meo Sinhô, com a minha indade e sem istudo nenhum, adadonde ia arranjá otro trampu, boum imgual essi?
  Vi qi eli si esmocionô, qi imté correu lajrima du zóio deli,  i du meu tumbéim!
 ...i tem genti qi ainda dis qi homi não xora?
  Bobagi essas coiza qi ficum falandu por ali!
  Qiria ajudá eli, então falei pra eli rezá um pocu pru Sinhô i não carcuelei qi eli ia ficá tão brabu.
  Mi sortô os cachorru e dissi qi
(óia Sinhô, foi eli qi falô, num fui eu, ta boum?):

  -Olha Zé esse "teu Deus" aí não pode fazer nada por mim e nem por ninguém.
Se pudece..., não deixaria vocês perder seus empregos.


  Gostu do seo Fernandu, mais achu qi eli falô bestera, issu sim.
  Fiqei com raiva, mais sei qi eli não é anssim, i qi foi çó pru cauzu dessi  probrema qi contei pro Senhô,  si alembra?
  A vida pressiza continuá, tenhu um monti di fio i imté uns piquenu, minha mulé qi tá meiu doentinha, mais qi ja tá um pouco mió, grassa ao Senhô, ...brigadu!
  A, Tumbéim qiria agradecê, tô fazendu uns bicu i na cigunda fera vô começá num impregu novu, mais pertu di caza, valeo memu, meu Senhô!
  O tempu paçô i dias dessi qeim bati na minha porta? Era o seo Fernandu, mais sorridenti, mi deu um abrassu i mi convidou pra vortá pra trabaiá com eli di novu.
  Imcrusivi dissi qui as coiza tava melhorandu i ja ia chamá o peçoau di vorta, intão pensô ni mim primeru.
  Agradeci, dissi qi ja tava de trabaio novu, mais çi pudeçi, qi botaçi intão o meu genru, ...mulé grávida  (
minha fia) i a caza deli pra pagá ainda!

I o Senhô sabi, não é nada fáci a lida dus pobri...

  Concordô, o seo Fernandu i pidiu pra eli tá lá firma logu, no otro dia beim sedu.
  Mais agora vô falá pro Senhô uma coiza que o Senhô vai gostá muitu:
 -O seo Fernandu dissi qi procurô uma imgreja aqi pertu i que tá frecuentandu "
U Tersso dus Omi” nas cuarta fera.
  Tenhu certeza qi é por issu que tá tudo dandu certo pra eli di novu.


  Eli ri mais i ja não fica mais nervozu, agradessu o Senhô pur eli!
Perdi um pocu o comtatu com eli, mais vô vizitá qandu pudé"
 -I era issu qi eu tinha pra falá pru Sinh!,
Vô drumi um poqinhu, pru qi amainham é dia de
"São Pega" di novu, i o Senhô sabi o trabaio não izpera...
...sua bença e boa noiti meu Senhô!

 
Agora aqui quem está falando é o Leonardo, filho do Zé, o Zé que tanto gostava e falava no Senhor e acho que o senhor também gostava muito dele, não é mesmo?
Infelizmente ele faleceu essa noite antes de ir para o trabalho, morreu feito um passarinho, pois parecia sorrir quando minha mãe percebeu que ele havia falecido.
A respeito de uma carta que ele escreveu para o Senhor, como o Senhor tudo sabe, acho que sabe desta carta que ele fez logo depois que aprendeu a ler e escrever, assim como ele contou lá para o Senhor. E como ele sempre falava bem do seu Fernando, queria pedir ao Senhor que olhasse pela saúde dele, pois não anda nada bem de saúde, o seu Fernando.
Ah! Só mais uma coisa, meu pai tinha pedido pra que quando morresse e fosse ao seu encontro, que eu colocasse a carta junto com ele e assim eu fiz.
Ela está no "bolso direito do paletó dele" e lembrou, que tinha vergonha dos garranchos que fez, sei que o Senhor nem vai ligar para isso, mas sabe como é o seu amigo Zé... .

Peço as suas Bênçãos sobre a nossa família e a todas as famílias também, AMEM!
Marcosvi
Enviado por Marcosvi em 28/09/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras