MARCOS TEXTOS

"Guardo em mim tantas coisas, acaso me perca, me encontrarei dentre elas"

Textos

Me fugiram, todos os versos!

th?id=OIP.1WXkWZfbQJ88dzz2cEwvjAHaD4&w=256&h=157&c=7&o=5&pid=1.7
 

Abobalhado, olhando o nada
Nada me vem, aqui estou
Tento conjuminar, palavras
Insisto, pensar no nada
Teimando feito um bobo, olhar pro nada
E nada! Nada, nem me visitou!
 
Arrisco e risco, cândidos papéis
Nada digo, ao falar
Rimas, fogem em disparada
Olho tudo, vejo nada
E nada! Sequer dá mostras, me visitar!
 
Passa o tempo, sem ter nada
Nada invento, a meu favor
O que me vem, são coisinhas
Editadas, entrelinhas
Mas nada! Nada, sai com fervor!

th?id=OIP.pVYB38z5Z1PiHzf_T4eLkQHaKw&w=144&h=160&c=7&o=5&pid=1.7
 
Marcosvi
Enviado por Marcosvi em 02/11/2019
Alterado em 02/11/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras