MARCOS TEXTOS

"Guardo em mim tantas coisas, acaso me perca, me encontrarei dentre elas"

Textos

Me fugiram, todos os versos!

th?id=OIP.1WXkWZfbQJ88dzz2cEwvjAHaD4&w=256&h=157&c=7&o=5&pid=1.7
 

Abobalhado, olhando o nada
Nada me vem, aqui estou
Tento conjuminar, palavras
Insisto, pensar no nada
Teimando feito um bobo, olhar pro nada
E nada! Nada, nem me visitou!
 
Arrisco e risco, cândidos papéis
Nada digo, ao falar
Rimas, fogem em disparada
Olho tudo, vejo nada
E nada! Sequer dá mostras, me visitar!
 
Passa o tempo, sem ter nada
Nada invento, a meu favor
O que me vem, são coisinhas
Editadas, entrelinhas
Mas nada! Nada, sai com fervor!

th?id=OIP.pVYB38z5Z1PiHzf_T4eLkQHaKw&w=144&h=160&c=7&o=5&pid=1.7
 
Marcosvi
Enviado por Marcosvi em 02/11/2019
Alterado em 02/11/2019


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras