MARCOS TEXTOS

"Guardo em mim tantas coisas, acaso me perca, me encontrarei dentre elas"

Textos

                  OIP.ThnrlB99OIHZmmARy_8s1AHaE8?w=300&h=200&c=7&o=5&pid=1.7

Mal terrível que se abateu
...das profundezas, não és de Deus
Veio nos tirar o perfume das flores
Afastar, você de mim
Fechar as asas dos beija-flores
Distanciá-lo, de nossos jardins!
 
Mal tenebroso que nos pendeu
Vindo das trevas, não és de Deus
Veio calar o canto do sabiá
Entristecê-lo em seu ninho
De quem se gosta, isolar
Tornar mais pedregoso, nossos caminhos!
 
Mal funesto que nos trouxe o breu
Senhor dos abismos, não és de Deus
Veio amedrontar animais brejeiros
Cessar seu deambular inocente
Recolhê-los em seus poleiros
Apartá-los de quem os gostam, ...suas gentes!
 
Mal agouro de um falso deus
Nefasto e infame, não és de Deus
Veio ser assombro e assombração
Pra nos quebrantar, judiar, matar
Paralisar nossos rins, pulmões, coração
Veio pra nos roubar, a paz!

 
Marcosvi
Enviado por Marcosvi em 06/05/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras